ALCANÇANDO RESULTADOS COM SUA EQUIPE

Segundo a lei de Pareto, 80% dos nossos atos geram 20% dos nossos resultados e, 20% dos nossos atos geram 80% dos nossos resultados. Com base neste levantamento, ao refletirmos sobre os pontos de melhoria da nossa liderança precisaremos buscar fortalecer aquilo o que a pessoa já tem e não aquilo o que ela não tem.

Por exemplo, alguém que não tem habilidade de cantar, com certeza, poderá aprender. Entretanto, não alcançará as notas mais difíceis com tanta facilidade, rapidez e excelência com que alguém que já tenha a habilidade de cantar o fará.

Particularmente, eu considero uma das principais responsabilidades de um líder bem sucedido a capacidade de identificar habilidades naturais em seus liderados e desenvolvê-los naquilo que sabem fazer para que se tornem excelentes no que fazem. Por isso é tão importante aprender a identificar os pontos fortes de cada um.

Ao identificarmos as habilidades naturais de alguém e as aperfeiçoarmos, além de conseguirmos fazer com que os alvos sejam alcançados com mais rapidez, também conseguiremos manter a pessoa longe das frustrações de não conseguir realizar o que se pediu, e ainda conseguiremos mantê-la motivada, realizada e feliz. O que, comprovadamente, trará muitos benefícios para toda a equipe.

Outro ponto muito importante é ter uma grande capacidade de adaptação. Porque, se você pretende trabalhar bem com outras pessoas e ser um bom membro de uma equipe, precisa estar disposto a se adaptar à sua equipe.

Veja algumas características que um bom líder precisa ter para se adaptar bem a qualquer equipe:

1 – Capacidade de aprender: Pessoas adaptáveis sempre dão muita prioridade a conquistar coisas novas. Têm uma grande capacidade de aprender.

2 – Segurança emocional: Pessoas que não são emocionalmente seguras veem quase tudo como desafio ou ameaça. Veem de forma suspeita qualquer mudança que precise ser feita, como por exemplo, a chegada de uma pessoa talentosa na equipe, uma alteração na sua posição ou, até mesmo, se a forma como as coisas costumavam ser feitas, for alterada.

3 – Criatividade: Pessoas criativas sempre encontram uma solução em meio a situações difíceis. A criatividade leva à capacidade de adaptação.

4 – Orientação a servir: Pessoas que estão focadas em si mesmas têm menor chance de fazer mudanças para a equipe do que pessoas focadas em servir os outros. Se o seu objetivo é servir a equipe, adaptar-se para conquistar esse objetivo não pode ser difícil.

Quando estamos trabalhando com vidas, precisamos ajudá-las a se desenvolver. Ensine-as a encontrar os recursos necessários para o que lhes foi delegado. Encoraje-as a sair de suas zonas de conforto sozinhas. Ajude-as a aprender e a progredir. Inspire-os a traçar os seus planos de desenvolvimento e crescimento pessoal e ministerial. Assim, e só assim, você terá uma equipe de verdade!

Fonte: Amo Minha Célula

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *